Competências comportamentais do profissional de TI do futuro

Pam Miranda, head de cultura e pessoas

Competências comportamentais do profissional de TI do futuro

As transformações do mercado de trabalho estão cada vez mais rápidas. O avanço da tecnologia é o grande condutor dessas mudanças: o futuro está sendo escrito em linhas de códigos e a área de TI está em foco, mais do que nunca.

Com tanta transformação assim, é importante que os profissionais também acompanhem essas transições. As novas gerações carregam subjetividades comportamentais em relação às anteriores, a maneira como elas se relacionam com o trabalho é bem diferente. E qual o papel das empresas nisso? Criar um ambiente profissional onde essas pessoas tenham voz e sintam-se pertencentes ao espaço em que estão inseridas. Concordam?

As hard skills e as soft skills são pontos complementares em qualquer carreira, não adianta desenvolver uma e deixar a outra de lado. Afinal, se você não tiver inteligência emocional para lidar com os desafios do cotidiano, o operacional/técnico é prejudicado. Neste artigo, vou contar mais sobre esse tema para você entender como essas habilidades são importantes na atualidade e num futuro bem próximo (leia-se A-G-O-R-A).

Vale a pena conferir!

Hard Skills x Soft Skills: quais são as diferenças?

Competências comportamentais do profissional de TI do futuro

Apesar de ambos os termos estarem conectados, existem algumas diferenças na maneira como cada uma é desenvolvida.

As hard skills são competências que podem ser obtidas a partir do processo de conhecimento, enquanto as soft skills estão relacionadas ao aspecto comportamental. É importante lembrar que a hard é aperfeiçoada a partir dos estudos e a soft demanda um processo de autoconhecimento, já que está atrelada ao comportamento.

Atualmente, as soft skills são cada vez mais esperadas pelas empresas, já que essas habilidades são fundamentais para o sucesso das entregas.

Os times que atuam com recrutamento e seleção precisam estar de olhos abertos a esses aspectos, pois só assim será possível encontrar um candidato que tenha um “fit comportamental” com a cultura da empresa.

A inteligência emocional é algo cada vez mais indispensável e o profissional que desenvolve essa habilidade tende a ter um espectro de possibilidades de atuação muito maior.

Conheça as principais Soft Skills do profissional de TI do futuro

A dinâmica do mercado em TI também mudou! Com novas tecnologias surgindo o tempo todo, novas funções também foram criadas e a maneira como atuam também é diferente hoje.

Sendo assim, listei as principais soft skills que consideramos, aqui na HDN, tendo em vista o nosso cenário. Vamos lá!

#1: Gestão de tempo

Em um ambiente em que você tem múltiplas atividades e um cotidiano cada vez mais dinâmico e cheio de compromissos, a gestão de tempo torna-se algo essencial. O profissional que consegue conciliar as reuniões com as entregas de projetos e atividades práticas, terá uma rotina mais produtiva e eficiente.

Dedique parte do seu tempo para planejar suas tarefas e organizar o seu dia.

#2: Comunicação

Essa pode até parecer uma habilidade relativamente conhecida, mas que ainda é um desafio para muitos profissionais, acredite! Ter uma boa comunicação com os colegas de trabalho é fundamental para o relacionamento em grupo, além disso, comunicar-se bem também faz toda diferença na hora de apresentar um projeto para o cliente.

#3: Relacionamento

Assim como ter uma boa comunicação faz toda diferença, criar um bom relacionamento com seus colegas e squads é algo indispensável. Afinal, ter inteligência emocional e paciência para atuar na singularidade das pessoas é um plus.

Toda relação deve ser construída com respeito e cordialidade. Na HDN, o respeito é um valor inegociável para nossa cultura.

#4 Habilidade de Liderança

Quando o tema é liderança, automaticamente as pessoas pensam em posições de gestão, mas ter habilidade de liderança não implica apenas em liderar pessoas. É essencial que o profissional também consiga manter sua qualidade de entrega em cenários em que você precisa fazer sua autogestão, ou seja, que tenha uma atitude protagonista em seu próprio processo de aprendizado.

Singularidades e as Soft Skills

É claro que nem todos os profissionais desenvolvem todas essas habilidades da mesma maneira e com a mesma intensidade, afinal cada pessoa é um ser único com diferentes repertórios e vivências.

Cada indivíduo carrega suas subjetividades no processo de aprendizado. O que é válido ressaltar é que as soft skills são reflexo de uma jornada de desenvolvimento contínua, sendo assim, podem ser aperfeiçoadas.

Quer conhecer mais sobre nossa cultura? Vamos conversar 😊

.
WhatsApp
Enviar